Sobre

A Sociedade Portuguesa de Senologia (SPS), criada em 1989, integra todos os envolvidos na patologia mamária, motivando-se não pela especialidade, mas pela multidisciplinaridade.

Com o objetivo de fazer progredir na fisiologia, prevenção, diagnóstico, tratamento e reabilitação da patologia da mama, a SPS desenvolve conhecimentos referentes à glândula mamária, em Medicina e Biologia.

Neste contexto, tem como finalidade a aposta na investigação básica e clínica, o incentivo a trabalhos e publicações, a organização de reuniões, jornadas e congressos, bem como a promoção do ensino e a coordenação das diversas disciplinas interessadas, nomeadamente com a atualização regular do Consenso Nacional de Cancro da Mama.

Simultaneamente, pretende assegurar a sua participação em sociedades nacionais e internacionais que tenham objetivos idênticos, estabelecer programas de acreditação e de certificação de Unidades de Saúde e de profissionais que atuem na área da Senologia, além de organizar e ministrar cursos de pós-graduação na área da Senologia.

Cada vez mais multidisciplinar e global, a SPS tem o desafio premente de garantir a todos o acesso a cuidados de qualidade e de acordo com o melhor estado da arte.

Órgãos directivos

DireçãoAssembleia GeralConselho Fiscal
Presidente
Dr. Fernando Castro

1º. Vice-Presidente
Dr. José Carlos Marques

2º. Vice- Presidente
Dra. Gabriela Sousa

Secretário-Geral
Dr. Paulo Cortes

Secretário-Adjunto
Prof. Dra. Maria João Cardoso

Tesoureiro
Dra. Rita Sousa

Vogal
Dra. Ana Paula Vasconcelos

Vogal
Dra. Helena Pereira

Vogal
Dra. Noémia Afonso
Presidente
Dr. Luís Sá

Secretário
Dra. Conceição Silva
Presidente
Prof. Dr. José Luís Passos Coelho

Vogal
Dra. Ida Negreiros

Vogal
Prof. Dr. Fernando Schmitt

Membros Fundadores

A Sociedade Portuguesa de Senologia foi criada em 1989, reunindo médicos de diferentes especialidades e regiões do país.

Órgãos Directivos Anteriores

Estatutos

Viver depois do Cancro da Mama

30 anos