Área Reservada

IX Consenso Nacional de Cancro da Mama - 2017

Aceda aqui para descarregar o documento

Apresentações XVIII Jornadas de Senologia

Dia 11 de outubro de 2019

  1. Evolução do tratamento neoadjuvante no cancro da mama_Prof. Dr. Luís Costa
  2. AVALIAÇÃO DA AXILA: COMO E QUANDO MARCAR A LESÃO E O GÂNGLIO_Dra. Elisa Melo Abreu
  3. Avaliação metabólica do tumor primário pré e pós tratamento deve ser considerada?_Dr. Hugo Duarte
  4. Como avaliar a resposta àneoadjuvância. Correlação radiopatológica_Dr. José Carlos Marques
  5. Como predizer a resposta a tratamento endócrino neoadjuvante_Dra. Joana Ribeiro
  6. HER2+: diferenças em função daexpressão de recetores hormonais_Dr. Paulo Cortes
  7. CANCRO DA MAMA LUMINAL A: QUE PAPEL PARA A QUIMIOTERAPIA_Dra. Ana Joaquim
  8. Luminal B/HER2+-: Há espaço para individualização_Prof. Dr. José Luís Passos Coelho
  9. Contraindicações absolutas e relativas para cirurgia conservadora_Dr. Pedro Antunes
  10. GÂNGLIO SENTINELA APÓS TRATAMENTO NEOADJUVANTE STANDARD E CONTROVÉRSIAS_Dr. José Luís Fougo
  11. O papel da cirurgia oncoplástica na optimização dos resultados_Dr. João Vargas Moniz
  12. O que fazer em caso de R esposta I magiológica Completa_Dra. Ida Negreiros

Dia 12 de outubro de 2019

  1. Abordagem Anatomopatológica de Peças Cirúrgicas após Tratamento Neoadjuvante_Dra. Madalena Souto de Moura
  2. Há lugar para RT radical sem cirurgia?_Dra. Ana Pimenta
  3. Radioterapia adjuvante em função da abordagem cirúrgica_Dr. João Macário Conde
  4. Doença residual nos Triplos Negativos o que há de novo?_Dra. Ana Rita Garcia
  5. Tratamento sistémico adjuvante após neoadjuvância Tumores HER2+: diferentes tratamentos para diferentes respostas_Dra. Joana Magalhães
  6. Tratamento sistémico adjuvante pós neoadjuvância - Tumores Luminais Haverá lugar para os inibidores das ciclinas?_Dra. Noémia Afonso

Comunicações Orais

  1. Desempenho da CESM na predição da resposta à NAC - resultados preliminares
  2. Doença Residual após quimioterapia neoadjuvante com duplo bloqueio no carcinoma da mama HER 2 caracterizar para melhor conhecer
  3. Pode a RM ter um papel preditor da Resposta Patológica à Neoadjuvância no Cancro da Mama?
  4. PREDITORES DE RESPOSTA PATOLÓGICA COMPLETA À TERAPÊUTICA NEOADJUVANTE NO CANCRO DA MAMA
  5. RADIOTERAPIA NEOADJUVANTE NO CANCRO DA MAMA LOCALMENTE AVANÇADO
  6. Tratamento Neoadjuvante do Cancro da Mama HER2+: Experiência de dois centros

Viver depois do Cancro da Mama

30 anos