­

Descobertas novas variações genéticas que contribuem para o cancro da mama

Um consórcio internacional com cientistas de 300 instituições descobriu 65 novas variações genéticas que aumentam a probabilidade de ter cancro da mama. Os dois estudos foram publicados esta segunda-feira nas revistas científicas Nature e Nature Genetics.

No artigo publicado na Nature Genetics, é reportada a descoberta de 65 novos loci (regiões no ADN) associados a um risco aumentado de cancro da mama. No artigo da Nature, é relatada a identificação de dez variantes associadas ao risco de alguns tipos de cancro da mama.

Aceda aqui à notícia completa.

Fonte: Diário de Notícias

­

Este site utiliza cookies. Ao navegar neste site está a consentir a sua utilização | Consulte as condições de utilização e a nossa política de privacidade.
copyright 2000-2017 Sociedade Portuguesa de Senologia | Portugal